Urologia

Saiba com quem contar:

Dr. Gastal_square.jpg

Dr. Eduardo Gastal Vieira

Urologista - RQE 24.389

CRM 30.200

A Urologia é a especialidade médica que cuida de complicações do trato urinário e de doenças do sistema reprodutor masculino. Os órgãos estudados pelos urologistas incluem rins, ureteres, bexiga, uretra, testículos, epidídimos, ducto deferente, vesículas seminais, próstata e pênis. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), mais de 50% dos brasileiros nunca consultaram um especialista da área. Venha para a Mirabile e mantenha a sua saúde em dia.

 
Urologista também atende mulheres?

Patologias que envolvem cálculos renais, infecções urinárias, tumores urológicos e infertilidade podem acometer todos os gêneros. Embora a ginecologia seja vista por muita gente como a “especialidade da mulher”, grande parte das doenças do aparelho urinário são tratadas pela urologia. Informe-se sobre os seus sintomas para garantir um diagnóstico preciso.

 
Litíase urinária

O cálculo urinário é o terceiro principal motivo de procura de cuidados urológicos, depois das infecções urinárias e dos problemas relacionados com a próstata. A condição pode provocar sintomas como dor lombar, náusea, vômitos e ardência ao urinar. Aqui, você tem acesso a procedimentos minimamente invasivos para tratar o problema, com baixíssimos índices de complicações. Agende sua consulta!

 
Infecções urinárias

A infeção urinária é um dos tipos de infecção bacteriana mais comuns. Entre os fatores de risco da doença estão a higiene incorreta, o atrito durante o sexo, o uso de espermicida e a baixa ingestão de água. Fique atento se sentir dores ou ardência na hora de ir ao banheiro.

 
Cistos renais

A presença de cistos nos rins pode ser mais comum do que se imagina. Entre 30% e 50% das pessoas acima de 50 anos apresentam o problema sem saber. A explicação está no fato de que a maior parte dos cistos são assintomáticos. Essas formações surgem por causa da obstrução de um dos milhares de ductos presentes nos rins. Quando o cisto é  muito grande ou causa muita dor, existe a opção de aspirá-lo ou removê-lo cirurgicamente.

 
Câncer de próstata

O câncer de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer em países desenvolvidos. No Brasil, a doença está por trás de 62 mil novos casos e 13 mil óbitos por ano. Não existem maneiras de prevenir a doença, mas é possível diagnosticá-la e tratá-la precocemente. Para a maioria dos homens, recomenda-se, a partir dos 50 anos, exames de dosagem do antígeno prostático específico (PSA) e toque retal. Previna-se!

 
Próstata aumentada

Conforme o homem envelhece, a próstata começa a crescer. Esse fenômeno é conhecido como hiperplasia prostática. Trata-se de uma condição benigna, mas que merece atenção. Quando a próstata cresce demais, pode pressionar a bexiga e a uretra, aumentando a chance de desenvolver infecções recorrentes, problemas para urinar, incontinência urinária e danos aos rins. 

 
Hematúrias

A perda de sangue pela urina é uma condição que costuma causar espanto nos pacientes. Alguns alimentos, como a beterraba e a páprica, podem alterar a cor da urina e dar uma falsa impressão de hematúria. No entanto, a coloração avermelhada ou escura da urina pode sugerir problemas mais sérios no sistema geniturinário. Nem sempre o problema é visível. Por isso, é importante visitar um especialista quando houver qualquer tipo de suspeita.

 
Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs)

As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) se espalham, principalmente, pelo contato sexual sem uso de preservativo, com uma pessoa que esteja infectada. O problema pode se manifestar por meio de feridas, corrimentos, bolhas ou verrugas. Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) fez um alerta para a falta de progresso na redução da transmissão de DSTs. A recomendação continua sendo o uso da camisinha para impedir essa disseminação.

  • Favicon-01
  • Prancheta_1_cópia_2x
  • Prancheta 1_2x
  • whats-02
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone